A colheita em parreirais modelo é atrativa aos visitantes. (Foto: Gilmar Gomes)

Período de colheita da uva celebra trabalho, dedicação e transforma as paisagens do roteiro nos meses de janeiro, fevereiro e março

O vinho é belo em todas as suas fases. Na primavera, quando os primeiros brotos de uvas começam a surgir nos parreirais, os visitantes e, principalmente, os produtores do Vale dos Vinhedos já podem entender o que a safra reserva para a época de colheita, a vindima. O trabalho de viticultores e enólogos chega a um dos seus pontos altos nos meses de janeiro, fevereiro e março, quando ocorre a colheita dos frutos que originarão vinhos e espumantes com a identidade do roteiro enoturístico mais emblemático do Brasil. A Vindima no Vale dos Vinhedos conta com uma programação especial, e insere o visitante na experiência de desfrutar dos prazeres do vinho em todos os estágios.

23 de janeiro: abertura oficial da vindima no Vale dos Vinhedos

Safra-2016-vindima
Safra: As paisagens se transformam, e os trabalhadores dos vinhedos entram em ação para garantir a colheita da safra. (Foto: Gilmar Gomes)

O encanto da época de safra começa no dia 23 de janeiro, data da abertura oficial da vindima no Vale dos Vinhedos, com um evento que celebra a pisa das uvas, com bênção dos vinhedos e um filó italiano autêntico. Participam da colheita as Soberanas do Vale dos Vinhedos, autoridades de Bento Gonçalves, Garibaldi e Monte Belo do Sul, acompanhados de convidados, imprensa, comunidade local e visitantes.  A programação, que inicia às 17h, com curso de degustação de vinhos e espumantes no Hotel Villa Michelon, se estende pelo fim de tarde e faz da pisa das uvas um espetáculo à parte.

Piquenique nos Vinhedos

Durante todo o período de Vindima, é possível desfrutar ao máximo as atrações que o Vale dos Vinhedos oferece. Para quem busca relaxar em meio aos parreirais degustando, além de espumantes, vinhos e sucos, as delícias típicas da região, os piqueniques são excelentes opções. O ‘Piquenique nos Vinhedos’, ofertado pela Vinhos Larentis é um dos atrativos dessa natureza ao lado da novidade ‘Piquenique no Leopoldina Jardim’ e do ‘Verão no Vale dos Vinhedos – Jardim Leopoldina’, que oferece diferentes opções gastronômicas, como o gelatto e as cervejas artesanais do Vale.

+ Nossa experiência no Piquenique nos Vinhedos da Larentis

Almoços no Jardim

E para quem deseja uma refeição ao ar livre, o Mamma Gema Trattoria oferece aos domingos de fevereiro almoços no jardim do restaurante com vista para o lago e um cardápio sugerido pelo chef Altemir Pessali.

Risotos harmonizados

O deck do Restaurante e Café Vallontano também está aberto para recepcionar com novos cardápios, que apostam nos sabores dos risotos harmonizados com os vinhos da vinícola.

Degustações de queijos e espumantes

Degustações de queijos e espumantes desfrutando o ar agradável e as paisagens de verão do Vale dos Vinhedos são alternativas presentes no Saka Rolha, que funciona com horário diferenciado na vindima, atendendo até às 20h.

2016-vindima-vale-dos-vinhedos
Gastronomia ganha cores e sabores diferentes durante o período. (Foto: Gilmar Gomes)

Minicursos e Degustações

A programação da Vindima tem continuidade também buscando aprofundar o conhecimento de apreciadores de vinho. Minicursos de degustação com duração de duas horas e opções de um dia na Vinícola Miolo estão entre as atrações. Desgustações verticais na Pizzato Vinhas e Vinhos, harmonização de frutas e vinhos no Aurora Tropical também integram a programação, bem como Degustação de Uvas Americanas e Vitis Viniferas na Lídio Carraro.

Festas e Roteiros Culturais

O significado cultural da Vindima é ressaltado na programação, que conta com festas que celebram a imigração italiana e apresentam uma pequena amostra da elaboração de vinhos na época dos primeiros imigrantes através de celebrações religiosas seguidas da pisa da uva. Roteiros culturais também fazem parte da vasta lista de atividades que movimentarão o período.  A uva é celebrada em festas que proporcionam ao visitante participação no período mais festivo do ano no Vale dos Vinhedos.

De 21 de janeiro a 21 de fevereiro, a Casa Valduga oferece a Festa da Colheita, que oferece um resgate histórico, através do café da manhã sob os vinhedos e a colheita e pisa das uvas. O Spa do Vinho também festeja a colheita, em uma atração que oferece aos visitantes passeios nos vinhedos com orientadores, colheitas nos parreirais, pisoteio e degustação do primeiro vinho. Tudo isso com vestimenta adequada para a ocasião.

O presidente da Aprovale, Márcio Brandelli, ressalta que a época de vindima faz com que os estabelecimentos do roteiro procurem, ano a ano, incrementar seus atrativos, surpreendendo os visitantes que crescem a cada ano.  “É importante que cada um de nós entenda o que o turista que se desloca até o Vale dos Vinhedos procura. Ele precisa se surpreender e também ter a certeza de que encontrará aqui hospitalidade, bons vinhos e espumantes e a garantia de excelentes dias no nosso roteiro”, destaca.

Enoturismo no Vale dos Vinhedos

vale-dos-vinhedos-vindima
Parreirais carregados são atração na Vindima. (Foto: Gilmar Gomes)

A Vindima no Vale dos Vinhedos, ao lado do período de inverno, é uma das épocas mais propícias para o enoturismo.  Em 2015, ano recorde de turismo no Vale dos Vinhedos, os meses de janeiro, fevereiro e março trouxeram ao Vale 79.629 visitantes, que desfrutaram de uma programação diferenciada com atrativos para todas as idades.

Confira a programação completa  no site www.valedosvinhedos.com.br

Por Conceito Com 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here