A Vaca Atolada é uma receita tipicamente caipira e que faz sucesso há muito tempo nos paladares, seja nas grandes cidades ou nos cantões do Brasil. Tendo como ingredientes principais o aipim e a costela bovina, ela é uma das queridinhas do inverno.

O nome foi dado por tropeiros que levavam o gado entre os estados de Minas Gerais e São Paulo. Como o tempo de viajem era longo, a carne usada na alimentação destes homens era mergulhada em gordura, para que durasse mais tempo. O trajeto ocorria em campos íngremes e em terrenos muito molhados, assim, literalmente, as vacas atolavam. Neste momento, os tropeiros paravam para retirar o gado do atoleiro, descansavam e se alimentavam, preparando esta receita. Assim a comida típica foi batizada.

Ingredientes
3 litros de água
1 limão
1 xícara (café) de cachaça (ou pinga)
1 kg de costela bovina
1/2 xícara (chá) de gordura de porco
3 dentes de alho amassados
1 colher (sopa) de colorau (ou colorífico)
3 cebola médias
1 folha de louro
1 colher (sopa) de sal
1 ramo de salsa (ou salsinha)
pimenta-de-cheiro (malagueta)
mandioca (aipim ou macaxeira) cozida a gosto
1 ramo de cebolinha-verde

Modo de preparo
Em uma panela grande coloque 2 litros de água, o suco de limão e a pinga.
Quando começar a ferver, junte a costela e deixe cozinhar por 20 minutos.
Escorra-a e lave em água corrente.
Na panela de pressão, aqueça a gordura de porco, junte o alho, o colorau e a costela e mexa até dourar.
Pingue água aos poucos (cerca de 1 litro) até formar um caldo grosso.
Adicione o resto dos temperos e tampe a panela.
Depois de 20 minutos de cozimento na pressão, abra a panela com cuidado, junte a mandioca cozida cortada em pedaços e deixe cozinhar por mais 15 minutos, em fogo brando (160 ºC), com a panela destampada, para que a mandioca pegue o sabor dos temperos.



1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here