SAÚDE NA MESA

MarliseS
Marlise Stefanie

Por Marlise Potrick Stefanie*

Assim como no vestuário, a gastronomia passa constantemente por modismos. Depois da culinária francesa, seguida pela italiana, posteriormente a mediterrânea, hoje o forte da rede gastronômica se volta para a culinária oriental.
São restaurantes sofisticados que oferecem o melhor da culinária japonesa, chinesa ou tailandesa. Já podemos encontrar estas delícias também em fast foods e até em delivery.
Mas será que estas delícias são tão saudáveis e seguras?

sashimi
Foto: Sabina Fuhr

Podemos ver nos melhores bufês sushis fritos, chamados de hot, reduções de molhos com altas concentrações de açúcar, ou mesmo shoyos carregados de sal. Vamos considerar que cada sushi simples tem em média de 15 a 20 calorias e é composto de alga, arroz, peixe e vegetais, isento de qualquer gordura. É muito saudável. Um sashimi, cheio de proteínas e ácidos graxos poliinsaturados esbanja saúde com cerca de 12 calorias. Já um hot, envolvo em farinha, recheado com cream cheese e imerso em óleo quente contando com mais de 50 calorias em média cada um, não me parece a opção mais saudável. Cabe a nós fazermos a melhor escolha.

As preferências por estas deliciosas especialidades ainda fica com o público adulto. Crianças não apreciam tanto, bem como idosos, apesar de que estes alimentos seriam bastante indicados para qualquer faixa etária.
Já as gestantes devem ter algum cuidado ao se utilizar de peixes e vegetais crus, escolhendo com uma certa exigência estabelecimento que façam uso das boas práticas de higiene.

A segurança alimentar é questão de alto risco, considerando a alta disseminação de estabelecimentos que oferecem sushis e sashimis, especialmente em bufês. Estes devem ter sua temperatura rigorosamente controlada e um cuidado especial com a exposição e reposição.

O açúcar que compõe o arroz, o gengibre e a saladinha de pepino japonês não é preocupante, pois são usados em pequenas doses. Quanto ao shoyo, este sim, requer um cuidado especial por parte dos hipertensos, pois pode causar o aumento da pressão arterial. Estes devem preferir o shoyo light, com redução de sódio.

Sem dúvida, os sushis e sashimis são uma escolha saudável, desde que sejam usados com moderação, sempre escolhendo os menores, com pouco cream cheese e não fritos. E quanto aos bufês, estes têm contado com a criatividade brasileira, com variedades nada japonesas, podendo nos levar a consumir altas doses de calorias, gorduras e açúcares.

*Marlise Potrick Stefanie é Nutricionista, Especialista e Mestre em Qualidade; Especialista em Alimentação Coletiva; Especialista em Geriatria e Gerontologia; Professora de Cursos de Nutrição e Gastronomia Saudável.



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here