COMPARTILHE

Para a equipe da Revista Sabores do Sul ele é o Rica, fotógrafo da casa, que entende e abraça nossas propostas com muita facilidade e competência. No mercado, ele é o fotógrafo João Ricardo da Silva, 51 anos, guru da fotografia gastronômica, que parece sempre ter uma solução para tudo.

Trabalhando há quase 30 anos com a câmera, Rica quase foi engenheiro. Natural do Paraná e criado em Santa Catarina, só desceu aos pampas para estudar engenharia civil na Unisinos. Devido aos custos de vida no Rio Grande do Sul, começou a fazer uns “bicos” como fotógrafo, e logo só fazia isso. Saiu da faculdade no 5º semestre para se dedicar exclusivamente à fotografia. Seu primeiro emprego como fotógrafo foi em uma revista especializada em calçados. “Lá fazíamos editorial de moda, fotografia de produto. Já comecei trabalhando quase exclusivamente com estúdio”, lembra. Dois anos mais tarde, foi ser fotógrafo em uma agência de publicidade e, mais três anos se passaram até que montasse seu próprio estúdio. A partir daí, não parou mais de fotografar.

João Ricardo com foco na gastronomia

joao-ricardo-fotografia-gastronomia
Foto: João Ricardo Fotografia

A gastronomia apareceu em sua vida em um momento de crises: de mercado, financeira e pessoal. “Com o boom da fotografia digital, o mercado da imagem sofreu uma ruptura. Todos os nossos equipamentos, então analógicos, inclusive os estúdios de revelação, rapidamente se tornaram obsoletos. Os clientes só queriam saber de fotografia digital”, recorda.

Somou-se a isso a necessidade de aprender a trabalhar com um material completamente desconhecido, como era o digital, a necessidade de adquirir o novo equipamento e a queda nos preços dos serviços prestados. A matemática do azar: os custos para se trabalhar ficaram mais caros, ao mesmo tempo em que os preços do mercado caíram, já que os novos fotógrafos cobravam “mais barato”.

10 anos de parceria com a Revista Sabores do Sul

guru-fotografia-gastronomica-joao-ricardo
João Ricardo é parceiro da Revista Sabores do Sul. (Foto: Sabina Fuhr)

Há quase 10 anos Rica encontrou a fotografia gastronômica e não saiu mais. Ao longo desses anos já fotografou de tudo um pouco, desde trabalhos para produtores primários como empresas de arroz, laticínios, massas, frigoríficos, bolachas e chocolates, até os produtores finais, restaurantes e chefs. Segundo ele, há coisas boas e fáceis de fotografar porque ficam bonitas, como frutos do mar e sushi. Em comparação, carnes, molhos, e coisas que se desmancham, como lasanha e sorvete, complicam o trabalho do fotógrafo, que sempre que possível opta por fotografar alimentos reais. Ele acredita que “a boa fotografia de gastronomia tem que ser aquela que a pessoa olha e automaticamente tem vontade de comer a foto”.

A parceria entre João Ricardo e a Revista Sabores do Sul também já dura quase 10 anos. Além de ter assinado as capas de praticamente todas as edições da revista, Rica também foi o fotógrafo dos dois livros de gastronomia já editados pela revista. “A Revista Sabores do Sul foi e é muito importante pra mim. Acredito que tenhamos crescido juntos”, revela.

joao-ricardo-foto
Foto: João Ricardo Fotografia

Para ele, uma das maiores dificuldades do mercado atual para o fotógrafo profissional se concentra em um ponto específico: a popularização da fotografia. “Como profissional, a popularização dificulta um pouco, pois cada vez mais precisamos trabalhar para nos diferenciar dos demais e mostrar que uma fotografia feita com pré-produção e pensada por um fotógrafo é diferente de uma fotografia de celular”, reflete. Você deve estar pensando: “nossa, esse cara deve comer tudo o que fotografa”. Ele nega e diz que a única coisa que não resiste a comer no fim de uma sessão é sushi.

“A atenção aos detalhes é algo fundamental”, alerta João Ricardo

fotografia-joao-ricardo
Foto: João Ricardo Fotografia

Aos que pretendem seguir seus passos e se aventurar no mundo da fotografia, ele dá algumas dicas. “A atenção aos detalhes é algo fundamental. Ás vezes coisas simples como um prato com cor ou formato diferente, que fuja do típico prato-branco-redondo, ou até um bonito jogo americano dão um toque requintado, e ajudam a compor um resultado final excelente”.

Atento aos detalhes e exigente com seu trabalho, João Ricardo vem conquistando clientes e fazendo amigos no mundo gastronômico. É sucesso estabelecido.

facebook.com/estudiojoaoricardo

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here