Por Igor Amaral –

“Depois que alguém prova uma cerveja Paulaner, o paladar da pessoa muda completamente”, essa frase, dita por Rodrigo Albernaz, sommelier gerente da importadora Porto a Porto, descreve, de forma objetiva, a intensidade e o poder que a marca alemã proporciona em quem a experimenta. As palavras foram proferidas em um evento da importadora para a divulgação da cervejaria, que contou com presença da embaixadora da Paulaner no Brasil, Samira Ayrolla.

Evento reuniu empresários e jornalistas na loja da Importadora Porto a Porto. Foto: Igor Amaral
Evento reuniu empresários e jornalistas na loja da Importadora Porto a Porto. Foto: Igor Amaral

E realmente! Quem já experimentou sabe por que a Paulaner é umas das cervejas mais apreciadas da Alemanha. Além do rótulo Paulaner, a empresa também produz a Hacker-Pschorr. Com mais de 300 anos de história, a marca conseguiu aproveitar o máximo da tecnologia sem perder a tradição. A Paulaner é feita na Baviera, estado ao sudeste do país, cuja capital é a efervescente Munique, onde a arquitetura contemporânea mescla-se à medieval com direito a castelos de conto de fadas.

O difícil é saber por onde começar. Foto: Sabina Fuhr
O difícil é saber por onde começar. Foto: Sabina Fuhr

Todas as cervejas Paulaner são feitas de acordo com a Lei de Pureza, utilizando-se somente cevada da Baviera, leveduras de cultivo próprio, lúpulo de Hallertau (uma área da Baviera listada como a maior área de cultivo de lúpulo do mundo) e água pura glacial da fonte, exclusiva da cervejaria, com 240m de profundidade.  A Paulaner faz parte do seleto grupo de cervejas oficias da Oktoberfest de Munique. Dizem que a população alemã consome mais de 100 litros de cerveja por pessoa ao ano.

evento-paulaner
Entre uma Paulaner e outra, comidinhas de boteco para harmonizar. Foto: Sabina Fuhr

No Brasil, a marca tem conquistado, cada vez mais, o paladar de quem sabe apreciar as boas cervejas. Nos últimos anos, o crescimento das vendas atingiu 60%. Esse sucesso é fruto da soma de esforços como: divulgação da marca, preço atrativo e, principalmente, o cuidado para manter a qualidade da bebida ao ser importada. Para termos um ideia, as garrafas de Paulaner são transportadas em navios e ficam condicionadas em compartimentos abaixo da linha do mar. Assim, a temperatura das garrafas fica, em média, a 4º. Isso garante que o sabor da cerveja bebida aqui seja o mesmo da Alemanha.

 + Receita para harmonizar com Paulaner: Picanha recheada com queijo colonial

Uma dica: para serem melhor apreciadas, as cervejas Paulaner Hefe-Weissbier devem ser servidas em seu exclusivo copo alto, conforme o vídeo abaixo (não se aplica a Paulaner Weissbier Kristallklar):

No evento, que reuniu empresários do setor gastronômico, sommeliers e jornalistas,  foram servidos 5 rótulos diferentes da empresa. Cada um com uma característica especial e um agregado de história:

paulaner-muchner-hell
Foto: Sabina Fuhr

Müchner Hell Cerveja feita de Puro Malte de cevada. Estilo Munich Helles e tipo de fermentação LAGER (baixa fermentação). Apresenta coloração amarelo-ouro, leve com aroma de malte de cevada e lúpulo, amargor equilibrado e muito refrescante. Harmoniza com aperitivos, saladas e pratos leves. A graduação alcoólica é de 4,9%.

paulaner-kristallklar
Foto: Sabina Fuhr

Weißbier Kristallklar Feita de 60% de malte trigo e 40% de cevada, passa por um processo cuidadoso de filtragem que preserva o sabor das leveduras e do malte de trigo e proporciona a mesma aparência cristalina das cervejas de cevada.  Em boca, apresenta aromas frutados, corpo leve, com um final de boca mais delicado e seco do que as cervejas tradicionais de trigo. Graduação alcoólica: 5.20%

paulaner-hefe-weissbier
Foto: Sabina Fuhr

Hefe-Weissbier Naturtrüb Umas das Weissbiers alemãs mais consumidas do mundo, elaborada com 60% de malte trigo e 40% de cevada, naturalmente turva. Estilo German Weizen e tipo de fermentação ALE (alta fermentação). Apresenta aromas frutados provenientes da levedura. Em boca destacam-se as notas de frutas amarelas, refrescante com boa acidez e amargor equilibrado. Harmoniza com entradas, saladas, peixes, aves, salsichas brancas, queijos meia cura e sobremesas a base de frutas. A graduação alcoólica é de 5,5%.

paulaner-hackner-kellerbier
Foto: Sabina Fuhr

Hacker-Pschorr Munchner KellerbierCerveja com um aroma de malte suave e muito agradável, com uma espuma cremosa que dura até o fim do copo. A cor sinaliza um cobre fosco, que chama atenção. A Hacker-Pschorr Munchner Kellerbier é uma cerveja suave, cremosa, desce sedosa pela boca, essa realmente desce redondo. Em boca, em um retrogosto suave, levemente adocicado que causa uma vontade de beber mais e mais. Teor Alcoólico 5,5%.

hackner-hefe-weissbier-dunkel
Foto: Sabina Fuhr

Hefe-Weissbier Dunkel Cerveja feita de 60% de malte de trigo e 40% malte de cevada, de coloração castanho-escuro, sua cor é proveniente somente da torrefação dos grãos de malte. Estilo German Dunkelweizen e tipo Ale (alta fermentação). Possui aroma de frutas passas. Na boca destacam-se as notas frutadas e de toffee com amargor equilibrado e persistente. Graduação alcoólica: 4.90%.



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here