Vinicola Campestre lança grife Nova Morada. (Foto Way Content)

Com 20 anos de tradição na elaboração de vinhos finos, a Vinícola Campestre lança este mês a grife exclusiva Nova Morada. Para a estreia, serão lançados quatro vinhos e um espumante com edição limitada. A marca surge em homenagem à construção de um projeto de enoturismo, inaugurado no início do ano em Vacaria (RS), e ressalta o amadurecimento da empresa no setor.

Líder no mercado brasileiro de vinhos de mesa e com duas décadas de atuação na área de vinhos finos com os rótulos Zanotto, a Campestre anuncia a grife Nova Morada para celebrar a atual fase da empresa, que está focada na recente estrutura vinícola e à produção feita a partir de uvas produzidas na propriedade, com terroir dos Campos de Cima da Serra, nova região produtora no Rio Grande do Sul.

Vinhos Nova Morada têm edição Limitada

Os vinhos Nova Morada têm edição limitada. Para o lançamento a vinícola celebra a concepção da grife com um espumante método champenoise (tradicional), com lote de apenas 60 garrafas. É o primeiro produzido pela vinícola com o método.

grife nova morada tannat
Nova Morada Tannat. (Foto: Divulgação)

Também há três variedades de tintos: merlot (safra 2018), tannat (safra 2018) e um assemblage que inclui uvas merlot, tannat, malbec e shiraz (safra 2018), todos com lote de 2 mil garrafas.

Na linha de vinhos brancos, o Nova Morada inicia com um chardonnay safra 2020. A bebida passou por fermentação em barricas de carvalho francesa, com controle de temperatura. De acordo com o enólogo André Donatti, gerente-geral da vinícola, a variedade deverá continuar o envelhecimento em barrica até novembro de 2020. É esperado um lote de 1.500 garrafas.

nova morada merlot
Nova Morada Merlot. (Foto: Divulgação)

“O ano de 2020 teve o que chamamos de ‘safra das safras’. Foi ano muito seco, com maturação de excelência, o que gerou vinhos de guarda com qualidade”, explica André.

Vinícola espera produzir 350 mil garrafas de vinhos finos por ano

Com a intenção de transformar o município gaúcho de Vacaria em um grande polo de enoturismo, a Vinícola Campestre tem em seu plano de expansão o aumento das vendas no mercado gaúcho e a inclusão de ações na área do turismo. O projeto incluiu a construção de uma nova vinícola e a produção média de 350 mil garrafas de vinhos finos por ano.

Vinícola Campestre
Complexo Enoturístico da Vinícola Campestre fica em Vacaria. (Foto: Sabina Fuhr)

Neste novo endereço da vinícola há uma área extensa para caminhada entre os vinhedos e programação com degustação e visita às caves subterrânea e a dois museus. “A ideia é mostrar, por meio do enoturismo, que os vinhos do Brasil têm muita qualidade e reconhecimento internacional”, diz Donatti.

 Localizada numa região alta, a quase 1.000 metros do nível do mar, a Vinícola Campestre produz uvas numa região onde faz frio boa parte do ano e tem verões quentes, com noites amenas. Em 2019, produziu uma média de 34 milhões de garrafas de vinho (25,5 milhões de litros) e 2 milhões de litros de suco de uva.

Da fábrica saem produtos como vinhos finos e de mesa, além de sucos de uva e maçã. São 15 rótulos de vinho assinados pela Zanotto, que leva o nome da família do proprietário, João Carlos Zanotto. Com a denominação Pérgola são 13 produtos, incluindo 3 tipos de suco. No total, com o lançamento do Nova Morada, a Campestre passa a ter mais de 40 tipos de produtos, incluindo rótulos de vinhos finos, espumantes, cervejas e sucos.

História da Vinícola

 A produção de vinhos da Vinícola Campestre começou em 1968, na cidade de Campestre da Serra (RS). Ao longo de sua história, a vinícola ficou conhecida devido à linha de vinhos de mesa Pérgola, o que a transformou em líder de vendas neste segmento.

A linha de vinhos finos surgiu em 2000, com os rótulos Zanotto nas variedades cabernet sauvignon e merlot. Em 2015, iniciou o projeto de expansão da vinícola, com a construção de uma nova vinícola em Vacaria (RS), que foi inaugurada em março de 2019 e, em janeiro de 2020, abriu as portas para os visitantes. Na cidade dos Campos de Cima da Serra, a vinícola mantém um complexo enoturístico com visitação guiada e degustação.

Atualmente, a Vinícola Campestre produz vinhos finos, espumantes, vinhos de mesa, cervejas, sucos e coolers a partir das marcas Pérgola, Zanotto, Nova Morada e Per Birra. No total, são mais de 40 produtos. O volume de produção das bebidas chega a 30 milhões de litros ao ano, e as uvas varietais são produzidas na unidade de Vacaria e cerca de 740 famílias também são fornecedoras de uvas de mesa para a vinícola.

Vinícola Campestre (Complexo Enoturístico)

BR 116 – Km 30 / nº 1410, B: Passo da Porteira – Vacaria (RS)
Telefone: (54) 3511-6060 e (54) 9 9655-3377
www.vinicolacampestre.com.br

Vinícola Campestre (matriz)
BR-116  Km 80 / nº1718 – Bairro Centro – Campestre da Serra (RS)

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here