Mauro Zanus representou o Brasil no concurso Sélections Mondiales Des Vins. Crédito: Divulgação

Os vinhos e espumantes brasileiros continuam sendo destaque nas mais importantes competições internacionais de vinho, comprovando a qualidade da produção nacional. Recentemente, o concurso Sélections Mondiales Des Vins 2016, realizado de 26 a 31 de maio, em Québec, no Canadá, concedeu 11 medalhas a rótulos de vinícolas brasileiras.

Com a chancela do Instituto Internacional da Vinha e do Vinho (OIV), o Sélections Mondiales Des Vins teve 2.000 amostras degustadas por 83 avaliadores profissionais. Dessas, 600 foram premiadas com medalha de Grande Ouro, Ouro e Prata. E o Brasil esteve entre os vencedores, com seis Ouros e cinco pratas.

Para o chefe geral da Embrapa Uva e Vinho, Mauro Celso Zanus, que esteve representando o Brasil, o concurso reafirma o potencial dos vinhos brasileiros. “Pela composição dos degustadores, este é um concurso que abre oportunidades, principalmente aos vinhos modernos, que agradam aos grandes mercados. O desempenho dos vinhos brasileiros foi muito bom, reforçando o nível de competitividade da produção nacional, particularmente aos mercados dos Estados Unidos e Canadá”, avalia Zanus.

Vinhos Premiados:
Medalha de Ouro
Aurora Espumante Moscatel – Cooperativa Vinícola Aurora
Garibaldi Espumante Moscatel – Cooperativa Vinícola Garibaldi
Garibaldi Espumante Chardonnay Brut – Cooperativa Vinícola Garibaldi
Garibaldi Espumante Prosecco – Cooperativa Vinícola Garibaldi
Zanotto Espumante Moscatel – Vinícola Campestre
Salton Desejo Merlot 2011– Vinícola Salton

Medalha de Prata
Aurora Espumante Brut – Cooperativa Vinícola Aurora
Casa Perini Espumante Moscatel – Vinícola Perini Ltda.
Casa Valduga Terroir Raízes Cabernet Sauvignon 2013 – Casa Valduga Vinhos Finos
Marcus James Espumante Brut – Cooperativa Vinícola Aurora
Salton Espumante Brut – Vinícola Salton

Crédito: ConceitoCom

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here