Com as temperaturas mais elevadas por causa da primavera, outubro é o mês ideal para consumir algumas frutas e vegetais, ricos em proteínas e nutrientes que são comuns durante essa época do ano. A nutricionista do Kurotel – Centro Médico de Longevidade e Spa, Larissa Santana, indicou alguns alimentos para incluir no cardápio em outubro.

“As nozes possuem vitamina E, que contribuem no combate ao estresse, e fitoesteróis, que são substâncias antioxidantes”, explica Larissa. Além disso, os fitoesteróis impedem que boa parte da gordura seja absorvida pelo organismo, por isso, protege o corpo de doenças cardiovasculares. O magnésio, também presente nas nozes, auxilia na prevenção de diabetes tipo dois, hipertensão e síndrome metabólica.

A nectarina, muito presente em outubro, é rica em vitamina A, C e complexo B, além dos sais minerais como cálcio, potássio e fósforo. “Os antioxidantes presentes na fruta ajudam a melhorar o mecanismo de defesa do organismo”, afirma a nutricionista. Segundo Larissa, a nectarina age contra a obesidade e previne o câncer.

Outra fruta comum no mês de outubro é a uva thompson, um alimento fonte de carboidrato, importante para o fornecimento de energia para o organismo. Além disso, a uva thompson é fonte de vitamina C, do complexo B, ferro, cálcio e potássio. “A uva é uma fruta rica em nutrientes, possui ação antioxidante, combate os radicais livres e são anticancerígena”, explica Larissa Santana. Outra dica da nutricionista é escolher as uvas roxas, pois possuem resveratrol, que protege o coração das doenças cardiovasculares.

A alcachofra, planta medicinal utilizada em diversas receitas, deve ser a aposta de quem deseja incluir produtos nutritivos no cardápio. Ela contém potássio, cálcio, magnésio, ferro, fósforo, silício, vitaminas A, B e C, e propriedades antioxidantes. “A alcachofra auxilia no controle do colesterol e na redução da inflamação do organismo, além disso, também possui função diurética”, conta Larissa.

Para quem deseja consumir alimentos menos calóricos, a dica é o pepino japonês, que possui baixo teor de gorduras e é bastante nutritivo. De acordo com a nutricionista do Kurotel, o pepino possui ação anti-inflamatória, antioxidante, laxativa  e anticancerígena. Também auxilia na função intestinal, no emagrecimento e no controle da pressão arterial.

Outubro também é o mês do tomate caqui, rico em vitamina A, C, complexo B, potássio e cromo. “O tomate é a fonte mais rica em licopeno, poderoso antioxidante que combate os radicais livres, retarda o envelhecimento, modula o sistema imunológico e reduz o risco para vários tipos de câncer”, explica Larissa.

Alimentos exóticos também estão na lista do mês, é o exemplo do Golden Berry, fruta fonte de vitamina A, C, ferro, fibras, cálcio, fósforo, vitaminas do complexo B e fibras. A fruta auxilia no controle do estresse, cansaço e fadiga, além de melhorar a disposição e energia. Outro exemplo é o maxixe, hortaliças ricas em zinco e minerais, importantes para o bom funcionamento de todos os tecidos do corpo. “O maxixe auxilia na cicatrização da pele, fortalece o sistema imunológico e controla o colesterol”, afirma a nutricionista.

Segundo Larissa Santana, todos esses alimentos podem ser incluídos no cardápio para garantir uma dieta mais rica em nutrientes e proteínas. No entanto, é essencial o acompanhamento de um profissional que prepare uma rotina alimentar específica para as necessidades de cada pessoa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here