Trio grelhado de camarões rosa sobre arroz provençal com champignons, tomate concassê e redução de manteiga ao vinho branco. (Foto: Sabina Fuhr)

Por Igor Amaral

O que leva um restaurante à fama: a qualidade da comida? A criatividade do chef? O ambiente? O preço? O requinte? A identidade gastronômica? A avaliação dos críticos?
Talvez todas essas alternativas juntas. Umas mais importantes, outras menos.

Isso quando o assunto não é o Bistrô Paris 6. A casa vai além das preocupações terrenas dos demais restaurantes, bem pelo contrário, na contramão. Isso não quer dizer que o Paris 6 sirva comida ruim em um ambiente desagradável. Bem pelo contrário. Quem visitar a nova casa, na badalada Rua Padre Chagas, vai encontrar um ambiente com decoração deslumbrante e, ora, muita comida gostosa.

Casa oferece um tinto personalizado. Foto:Sabina Fuhr
Casa oferece vinho personalizado. (Foto:Sabina Fuhr)

Criado, em 2006, pelo empresário Issac Azar, em São Paulo, o local faz culto à cena cultural. Com um ambiente inspirado no sexto distrito de Paris na década de 1920, o bistrô tem como uma das grandes atrações os pratos que homenageiam celebridades. Artistas como Bruno Gagliasso, Paloma Bernardi e Marina Ruy Barbosa ou jogadores de futebol como Neymar e Daniel Alves fazem parte dos pratos oferecidos no cardápio.

O lado excêntrico do Bistrô esta ligado, intimamente, ao comandante da casa, Isaac. Dono de uma personalidade ímpar e de frases de efeito, como: “O erro dos críticos de gastronomia é achar que o cliente vai a um restaurante somente pela comida. Se esquecem de todo o resto, como ambientação e os frequentadores” ou “Nosso restaurante não é um local para a alta gastronomia, estamos além disso”,  ele dita originalidade do restaurante . A extravagância é marca registrada do Paris 6. O local oferece 132 variedades de pratos quentes, 12 refeições fitness, 28 sobremesas diversas, 12 tipos de Crème brûlée, 41 opções de grand gateau.

Foto:Sabina Fuhr
Canapés torradinhas de brioche sob mini-hambúrguer de carne e toque de mostarda Dijon. (Foto:Sabina Fuhr)

Dando as costas à Alta Gastronomia, a casa é um fenômeno, em São Paulo e no Rio de Janeiro. Para termos uma ideia: a sobremesa mais famosa do bistrô, o grand gateau, vende mais de 35 mil unidades por mês. Agora, além de Porto Alegre, o Paris 6 desembarca em Belo Horizonte, Goiânia e Miami Beach, nos EUA. E a promessa de Isaac é ampliar o número de restaurantes pelo Brasil.

Pasteizinhos secos, recheados com queijo brie, acompanhados de geleia de pimenta. Foto: Sabina Fuhr
Pasteizinhos secos, recheados com queijo brie, acompanhados de geleia de pimenta. (Foto: Sabina Fuhr)

Mantendo fidelidade somente ao seu perfil, o Paris 6 versa unicamente com a essência única da casa, uma identidade. Inegavelmente, o bistrô é um sucesso!

Paris_6_
Bolinhos de arroz com queijo brie, acompanhados de geleia de pimenta. (Foto: Sabina Fuhr)

Fomos convidados para conhecer o restaurante em seu primeiro dia de funcionamento. Veja como foi nossa Caçada aos Sabores do Paris 6.

Ravióli recheado de brie e damasco, com creme de champagne e damasco. Foto: Sabina Fuhr
Ravióli recheado de brie e damasco, com creme de champagne e damasco. (Foto: Sabina Fuhr)

Nossa experiência
O que comer? Com a ampla diversidade de pratos, você encontra de tudo.

Para a entrada: bruschetas, tartines, canapés, pastéis, rondelli, croquetes. Há também as opções de sopas, saladas e pratos leves. As entradas apresentam: escargot, coxinhas de rã, ceviche.

Em um bistrô, as massas têm presença garantida: penne, fetuccine, spaghetti. O cliente ainda pode se deliciar com os risotos, com os mais diversos sabores.

E ainda: peixes e frutos do mar, como salmão, trutas, peixe branco, camarões; Carnes e Aves. Além de fritas e búrgueres. E ainda há bufê de café da manhã, a partir das 7h, diariamente.

Coxa de pato confitada, puxada com fettuccine ao molho Provençal. Foto: Sabina Fuhr
Coxa de pato confitada, puxada com fettuccine ao molho Provençal. (Foto: Sabina Fuhr)


Imperdível:
provamos as entradas Evandro Santo (canapés torradinhas de brioche sob mini-hambúrguer de carne e toque de mostarda Dijon); Camilla Camargo (pasteizinhos secos, recheados com queijo brie, acompanhados de geleia de pimenta); Bruno Belutti (bolinhos de arroz com queijo brie, acompanhados de geleia de pimenta). Como prato principal, nossas opções foram: Thaila Ayala (ravióli recheado de brie e damasco, com creme de champagne e damasco) e Bruno Gagliasso (trio grelhado de camarões rosa sobre arroz provençal com champignons, tomate concassê e redução de manteiga ao vinho branco).

Fechamos com os famosos Grand Gateaus: Juliana Paiva (Grand gateau chocolat recheado com pedaços de bombom ouro branco, picolé de vanila com casquinha de chocolate, banhado em ganache de chocolate branco, acompanhado de ramequim de morangos picados e bombons); Paloma Bernardi (Grand gateau chocolat ao picolé de chocolate, calda de creme avelã francês ao leite condensado e morangos picados com avelãs granuladas).

Paris_6_
Grand gateau chocolat recheado com pedaços de bombom ouro branco, picolé de vanila com casquinha de chocolate, banhado em ganache de chocolate branco, acompanhado de ramequim de morangos picados e bombons. (Foto: Sabina Fuhr)

Diferencial: A casa funciona 24 horas e preza em manter a qualidade durante o tempo inteiro. Para isso, treinou os seus 90 funcionários. Se você chegar pela madrugada, vai pode contar com a mesma variedade disponível durante o dia. Além disso, o ambiente é de muito bom gosto, inspirado nos bistrôs parisienses e dispõe de 150 lugares. Um charme só.

Grand gateau chocolat ao picolé de chocolate, calda de creme avelã francês ao leite condensado e morangos picados com avelãs granuladas. Foto: Sabina Fuhr
Grand gateau chocolat ao picolé de chocolate, calda de creme avelã francês ao leite condensado e morangos picados com avelãs granuladas. (Foto: Sabina Fuhr)

Valores? As entradas variam entre: R$31 e R$69. As sopas e as saladas: R$36 e R$65; massas entre R$55 e R$95, Risotos têm preços a partir de R$57; peixes e frutos do mar entre R$62 e R$145; Carnes e Aves a partir de R$55. Já os Grand gateaus saem por R$32.

Para os mais tradicionais, há a opção de petit gateau
Para os mais tradicionais, há a opção de petit gateau. (Foto: Sabina Fuhr)

Olha que bacana: um dos atrativos do Paris 6 no eixo Rio-São Paulo é a constante, e chamativa, presença de cantores, jogadores de futebol, apresentadores e atores. Os famosos dão um toque especial ao restaurante e dispartam a curiosidade dos frequentadores. Quem sabe você não os encontra no bistrô de Porto Alegre?

Para fechar, um espresso. (Foto: sabina Fuhr)
Para fechar, um espresso. Foto: sabina Fuhr

Paris 6 – Porto Alegre
R. Padre Chagas, 32 – Bairro Moinhos
Telefone: (51) 3574-0265

www.paris6bistro.com.br



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here