Foto: Silvia Tonon

Sétima edição do Congresso Latino-Americano de Enoturismo ocorre entre 27 e 30 deste mês, no Vale dos Vinhedos. Estão confirmados palestrantes de Portugal, Estados Unidos, Chile, Argentina, Brasil e Uruguai

Encerram nesta sexta-feira (22) as inscrições para 7º Congresso Latino-Americano de Enoturismo, que ocorrerá de 27 a 30 deste mês, no Spa do Vinho Autograph Collection Hotel, no Vale dos Vinhedos, em Bento Gonçalves (RS). As adesões devem ser feitas no site do evento, em www.congressoenoturismo.com.br. A entrada para os três dias de palestras e painéis custa R$ 250. Estudantes e profissionais de vinícolas brasileiras registradas junto ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) têm 50% de desconto. Grupos de 10 pessoas ganham como cortesia a 11ª inscrição. As matrículas coletivas devem ser feitas pelo e-mail inscricoes@aconteceeventos.com.br.

Com o tema “Território, vinho e turismo: harmonização que dá certo”, o Congresso Latino-Americano de Enoturismo terá palestras com especialistas da Europa, dos Estados Unidos e da América Latina, painéis sobre o desenvolvimento do enoturismo brasileiro, apresentações de seis cases de micro e pequenas vinícolas do Rio Grande do Sul, além de visitas técnico-turísticas (por adesão) em cinco roteiros da Serra Gaúcha. O evento é uma realização da Associação Internacional de Enoturismo (Aenotur), do Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin) e do Governo do Estado do Rio Grande do Sul.

Entre os destaques do primeiro dia (27), está a abertura oficial do Congresso, com a presidente da Aenotur, Ivane Fávero, em uma conferência que contará o histórico e concepção do evento e da própria entidade que preside. Na sequência, representantes do Ministério do Turismo, do Ibravin, do Sebrae/RS e da Associação dos Produtores de Vinhos Finos do Vale dos Vinhedos (Aprovale) farão um panorama e apontarão as perspectivas do turismo do vinho no Brasil.

Na quinta-feira (28), a norte-americana Liz Thach, Master of Wine, professora e autora de mais de 130 artigos e oito livros sobre vinho, explicará como o Napa e Sonoma Valley, na Califórnia, se transformaram em um dos roteiros mais populares das Américas e de que forma a indústria vinícola soube aproveitar esse movimento para capitanear negócios. Fazendo um link com o Brasil, o gerente de Promoção do Ibravin, Diego Bertolini, abordará estratégias de fidelização do consumidor por meio da venda direta, tendo o enoturismo como ferramenta estratégica para a viabilização deste modelo de comercialização.

Ainda na programação do segundo dia, Guillermo Barletta, diretor de turismo do município argentino de Las Heras, membro do Instituto de Desenvolvimento e Turismo Sustentável da Universidade Nacional de Cuyo e, durante anos, diretor do departamento de Enoturismo da associação Bodegas de Argentina, discorrerá sobre a história do enoturismo na principal região produtora de vinhos da Argentina e seus desafios para inovar na atividade.

No penúltimo dia da programação do Congresso Latino-Americano de Enoturismo, sendo o último de palestras, a coordenadora de Turismo do Sebrae/RS, Amanda Bonotto Hoffmann Paim, abrirá a manhã falando sobre as oportunidades para o desenvolvimento do turismo no Pampa Gaúcho. Após, haverá um painel sobre as regiões enoturísticas da América-Latina, com representantes do Brasil, Argentina, Chile e Uruguai. Participarão o diretor de Relações Institucionais do Ibravin, Carlos Paviani; o coordenador de Enoturismo da Bodegas de Argentina, Gonzalo Merino; o diretor da Ruta del Vino Valle de Colchagua, José Manuel Garcia-Huidobro; o secretário-executivo da Associación de Turismo Enológico del Uruguay (Ateu), Wilson Torres; e a coordenadora de competitividade do Instituto Nacional de Vitivinicultura do Uruguai (Inavi), Laura Nervi.

No dia 29 ainda haverá uma conferência com os portugueses José Calixto, presidente da Rede Europeia de Cidades do Vinho (Recevin) e vice-presidente da Aenotur, e José Arruda, diretor da Associação de Municípios Portugueses do Vinho (AMPV). A dupla palestrará sobre o desafio de desenvolver e promover o coletivo através do trabalho das associações. A Recevin defende os interesses de 800 cidades de 11 países europeus. Já a AMPV possibilita a troca de experiências, contatos e parcerias entre 70 municípios produtores de Portugal.

Também na mesma data, representantes do Ministério do Turismo, do Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur), do Sebrae e da Frente Parlamentar de Defesa da Valorização da Produção Nacional da Uva, Vinho, Espumante e Derivados promoverão um painel sobre as políticas e projetos para o desenvolvimento do enoturismo no Brasil.

No sábado (30) será realizada a quinta e última visita técnico-turística na Serra Gaúcha. A programação completa, com os horários e as datas das apresentações, bem como os destinos dos roteiros enoturísticos está disponível no site oficial do evento, em www.congressoenoturismo.com.br, na aba Programação.

Esta será a quarta vez que o Congresso Latino-Americano de Enoturismo é realizado na região. A primeira (2010) e segunda (2012) edições ocorreram em Bento Gonçalves. Já a terceira edição (2014) teve a programação distribuída nos municípios de Bento Gonçalves, Garibaldi, Flores da Cunha e Caxias do Sul.

SERVIÇO
7º Congresso Latino-Americano de Enoturismo
Quando: 27 a 30 de junho de 2018
Onde: Spa do Vinho Autograph Collection Hotel (Rodovia RS-444, km 21), em Bento Gonçalves (RS)
Inscrições: até o dia 22 de junho, pelo site www.congressoenoturismo.com.br. Grupos acima de 10 participantes devem se inscrever através do e-mail inscricoes@aconteceeventos.com.br para obtenção de benefício
Valores: R$ 250 (profissionais do setor vitivinícola e estudantes têm 50% de desconto). Visitas técnico-turísticas custam R$ 120 (quinta e sexta-feira) e R$ 155 (sábado), cada
Informações: recepcao@aconteceeventos.com.br
Realização: Associação Internacional de Enoturismo (Aenotur), Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin) e Governo do Estado do Rio Grande do Sul

Por Ibravin



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here