Gramado é a única cidade do Brasil a implantar projeto piloto ampliado de Categorização. Estabelecimentos associados à Abrasel Hortênsias buscarão ampliar sua classificação e conquistar novos Conceitos Ouro, Prata e Bronze.

Um novo e importante passo para o setor gastronômico está sendo dado em Gramado através da união entre empreendimentos gastronômicos e Secretaria de Saúde Municipal. Quem não gosta de estar seguro quanto à higiene e manipulação de alimentos quando escolhe um restaurante para fazer suas refeições?

Em 2014, Gramado adotou o projeto nacional de Categorização, promovido pela ANVISA – Agência Nacional de Vigilância Sanitária, quando 39 estabelecimentos foram analisados e classificados. Destes, 30 tiveram conceito A e nove obtiveram conceito B. A nota A corresponde a melhor categoria que inclui os serviços que cumprem mais rigorosamente a legislação e, assim, sucessivamente as categorias B e C.

Gramado sempre foi sinônimo de inovação e superação, assim como seus empreendedores, que não medem esforços para oferecer o que há de melhor para os milhares de visitantes que passam pela cidade anualmente. Pensando nisso, a VISA – Vigilância em Saúde de Gramado idealizou o projeto piloto ampliado de Categorização para Serviços de Alimentação.

Na tarde desta segunda-feira, 13 de julho, gerentes e proprietários de restaurantes gramadenses foram convidados a conhecer o projeto piloto, que foi implantado exclusivamente na cidade serrana, vindo a se tornar exemplo para o restante do país. O projeto será implantado em outras cidades brasileiras em 2016.

As novidades do projeto piloto:
O projeto piloto traz duas grandes novidades: os restaurantes que atingirem somente Conceito C, não receberão placa indicativa, mas sim, serão incentivados a conquistar os Conceitos A ou B. E a outra novidade figura-se um plus para os restaurantes já classificados com Conceito A. Dentro do projeto piloto foram criadas novas categorias: Ouro, Prata e Bronze.

Para conseguir a classificação “Conceito A Ouro” o restaurante deverá possuir cardápio trilíngue, amostras de alimentos conservadas até 72 horas do preparo com planilhas para comprovação e ficha de informação nutricional do cardápio. Para atingir a classificação “Categoria A Prata” o estabelecimento deverá cumprir dois itens da categoria Ouro e, para conquistar a classificação “Conceito A Bronze” o restaurante deverá cumprir um dos itens da categoria Ouro.

A Abrasel Hortênsias e o projeto piloto:
Hoje a Abrasel Hortênsias representa mais de 80 restaurantes dos 117 que a VISA prevê envolver no projeto piloto. A intenção é incentivar a participação de todos os estabelecimentos para que busquem ampliar sua classificação ou conquistar os selos Ouro, Prata ou Bronze, transformando a cidade, mais uma vez, em referência gastronômica.

“Novamente Gramado ganha destaque sendo a única cidade do país a ampliar o projeto de Categorização. A união entre os nossos empreendimentos gastronômicos e a iniciativa pública vem para trazer benefícios para o restauranteiro, mas principalmente para o visitante, que terá segurança ao escolher o estabelecimento para suas refeições, pois terá a certeza de que está usufruindo de um espaço que cumpre as leis de vigilância sanitária e de estar degustando o que há de melhor na gastronomia local”, destaca o presidente da Abrasel Hortênsias, Idacir Cardoso.

O cronograma do projeto piloto:
Julho – Divulgação dos estabelecimentos selecionados para o projeto piloto ampliado. Podem participar todos aqueles que estão em dia com a regulamentação sanitária.

Julho a agosto – Autoavaliação – serão 30 dias, a contar da data de divulgação do estabelecimento selecionado, para que o serviço de alimentação possa avaliar seu desempenho frente a lista de avaliação, além de realizar as adequações necessárias.

Agosto a outubro – Ciclo de Inspeção – serão dois meses que as autoridades sanitárias terão para realizar a inspeção nos estabelecimentos selecionados para o projeto piloto.

Outubro – Divulgação no site da Secretaria de Saúde do resultado final da classificação de cada serviço.

Janeiro de 2016 – Continuação do projeto para os estabelecimentos que não se enquadraram anteriormente.

Dúvidas:
Mais informações podem ser adquiridas com o Departamento de Vigilância em Saúde pelos telefones (54) 3295-7112 ou (54) 3295-7100 Ramal 512 ou pelo e-mail gramado.rs.gov.br.

Por Line Comunicação Inteligente



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here