Foto: Cássio Brezolla

Primeira edição de Ô Churras aconteceu na Caza Wilfrido e recebeu cerca de mil pessoas

A primeira edição de Ô Churras no último sábado (9) atraiu cerca de mil pessoas para celebrar a cultura churrasqueira. O evento, que nasceu da reunião dos amantes da gastronomia em volta do fogo e do desejo de compartilhar essa experiência com o público amante da cultura churrasqueira, teve sua primeira edição em Gramado, um dos mais desejados destinos turísticos do Brasil reunindo chefs assadores, criadores e voluntários que prepararam mais de duas toneladas e meia de carne e acompanhamentos.

Além dos pratos, foram consumidos cinco mil litros de chope Rasen, 500 garrafas do rótulo especial Rasen Braza, três mil garrafas de água, 1,5 mil drinks e 500 taças de espumante Don Guerino.

Foto: Cleiton Thiele

Amantes do churrasco vieram de diferentes partes do Brasil para conferir o festival. Os amigos mineiros Leonardo Cruz e Alexandre Godoy fizeram questão de encaixar na agenda de trabalho no Rio Grande do Sul a ida ao evento. “Estamos achando tudo ótimo. Em Minas Gerais somos muito ligados à culinária, lá tudo gira em torno do fogão. Algumas coisas são diferentes. Aqui no Sul valorizam mais as carnes com osso, por exemplo, lá a gente gosta mais de picanha e contra-filé. Mas o gosto pelo churrasco é o mesmo”, lembra Cruz.

Em sua primeira edição, Ô Churras já fez história conquistando admiradores e incentivando a paixão ao redor do fogo. “Estamos muito contentes, o evento superou todas as nossas expectativas. Já estamos colecionando elogios, tanto do público como dos patrocinadores. Conseguimos imprimir o ‘padrão Gramado’ de qualidade ao evento”, avalia Enzo Arns, sócio da Matilha Entretenimento, uma das empresas realizadoras do festival.

Foto: Cássio Brezolla

Além de reunir turistas, apreciadores de carne e convidados em um dia de sol, Ô Churras também levou a Gramado voluntários dispostos a auxiliar os chefs assadores apenas pela vontade de viver uma experiência como essa. O canelense Dionatan Braz, 22 anos, foi um dos voluntários ao lado do assador Marcelo Bolinha, que preparou uma costela Angus assada em fogo de chão por mais de seis horas, uma das estações mais disputadas. Braz não tem as duas pernas desde que nasceu, condição que não muda em nada a disposição do voluntário: “Eu gosto da lida, já conhecia o Bolinha e quando me convidou pra estar aqui eu aceitei. Está tudo show de bola, o espaço maravilhoso e o tempo também colaborou”, afirma. Ao lado dos outros três voluntários da estação, ele chegou às 7 horas da manhã na Caza Wilfrido para iniciar o trabalho que seguiu até às 20h.

Chefs de Ô Churras. (Foto: Cássio Brezolla)

Diferentes tipos e cortes de carnes foram preparados em 10 estações, cada uma delas comandadas por um chef assador diferente. A Associação Brasileira de Criadores de Devon (ABCD) esteve presente com um novilho assado inteiro em uma preparação capitaneada pela renomada chef Paula Labaki. “Não tinha nenhuma estação no evento que tinha um novilho inteiro, isso trouxe um diferencial para o evento, trouxe muito público. Eu circulei muito conversando com as pessoas e elas estavam encantadas com a apresentação do novilho assado inteiro, com a qualidade e o resultado que realmente estava muito saboroso. A Paula Labaki e a equipe fizeram um trabalho maravilhoso. Foi uma honra para o Devon fazer parte desse evento que deu muito certo, foi impecável”, avalia Beth Cirne Lima, presidente da ABCD.

O clima de verão com sol e temperatura em torno dos 30ºC foi na medida para um churrasco perfeito. O festival contou ainda com áreas de lazer e convivência, espaço kids, venda de artigos especiais relacionados a cultura churrasqueira e cinco atrações musicais que se intercalaram em nove horas de música.

Enzo Arns, Josiano Schmitt e Maciel Burtett, idealizadores do evento. Foto: Cleiton Thiele

Para Josiano Schmidt, um dos idealizadores do evento, Ô Churras cumpriu sua missão fazendo história como primeiro evento do gênero no Rio Grande do Sul. “Muito obrigado a todo mundo que acreditou neste dia de hoje, que acreditou em apoiar, patrocinar e desenvolver suas criatividades, usar a força dos seus braços. Hoje vocês fazem parte desse sonho que se transformou em uma linda história.

A segunda edição do Ô Churras em Gramado já está confirmada em 2018, a data oficial ainda será anunciada. “Nossa ideia também é que o evento possa ser realizado em outros lugares além de Gramado”, destaca o organizador Enzo Arns.

Por Pauta Assessoria

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here