Marca quer incentivar cada vez mais a participação feminina no mercado cervejeiro

A Eisenbahn reuniu um grupo de cervejeiras para uma brassagem feita sob curadoria do Science of Beer, instituto de profissionalização cervejeira liderado por Amanda Reitenbach. O time foi composto por profissionais de formações diferentes: engenheiras, mestres cervejeiras, sommelières, colunistas, influenciadoras, entre outras.

Envolvidas desde a concepção da receita até produção da cerveja, elas trabalharam cerca de dois meses no projeto. “Esse encontro, no formato como aconteceu, foi essencial para que essa cerveja ganhasse uma personalidade e uma identidade com a colaboração de todas as cervejeiras reunidas. Sabemos que a participação feminina no mercado cervejeiro vem aumentando, mas há muito o que fazer para ampliar essa representatividade. E o apoio de marcas como a Eisenbahn a esse movimento é de enorme importância” comenta Amanda Reitenbach.

O resultado da ação, uma cerveja no estilo Berliner Weisse, poderá ser conferido exclusivamente durante o Festival Brasileiro da Cerveja, que ocorre de 7 a 10 de março, no Parque Vila Germânica, em Blumenau, Santa Catarina, por R$ 6,00 (200 ml).

“A marca Eisenbahn trabalha para valorizar e democratizar a cultura cervejeira no Brasil de diversas formas. E a ideia de reunir as cervejeiras, além de fazer parte de uma série de iniciativas para estimular a participação de cada vez mais mulheres nesse mercado, é colaborar para aumentar a visibilidade dessas profissionais no universo cervejeiro nacional”, explica Alexandre Cândido, diretor de cervejas especiais da HEINEKEN Brasil.

A apresentação do primeiro projeto colaborativo da marca é um preparatório para a abertura das inscrições para a segunda edição do reality show Mestre Cervejeiro, que pelo segundo ano consecutivo será televisionado pela emissora TNT, com produção da Endemol. No último ano, a cervejaria Eisenbahn nomeou Ivan Tozzi como o vencedor da competição, que teve seu rótulo, uma American Pale Ale (APA), lançada em janeiro deste ano.

Edição Especial Eisenbahn Berliner Weisse
Preço no Festival Brasileiro da Cerveja: R$ 6,00 (200ml)
IBU: 9,0
ABV: 3,7
Estilo: Berliner Weiss
Família: Ale
Temperatura ideal: 5 a 7ºC
Aroma: Ácido e Leve Cítrico

As cervejeiras

Aline Araujo dos Santos: Uma das primeiras sommèlieres da bebida do Brasil, é formada pelo Senac/Doemens e pela Science of Beer, onde leciona. É também fundadora da 1ª confraria feminina de cervejas de São Paulo, a Maltemoiselles. Antes de vir para Santos, comandava o departamento de Marketing da Bier & Wein, pioneira na importação de cervejas especiais. Agora, é proprietária, com o marido, da Confraria Paulistana, distribuidora de cervejas e chopes especiais.

Amanda Reitenbach: Fundadora e CEO do Science of Beer, Amanda Reitenbach ingressou no universo da cerveja já durante o curso de Engenharia Química e de Alimentos. Sua paixão a levou a se tornar uma cientista cervejeira, dedicada a pesquisas para desenvolvimento do setor. Com Mestrado e Doutorado focados no tema da cerveja, chegou a desenvolver um nariz eletrônico capaz de realizar análises sensoriais em cervejas. Professora e consultora de projetos especiais, Amanda é jurada em diversos concursos nacionais e internacionais, além de responsável pela Coordenação Técnica do Concurso Brasileiro de Cerveja.

Bárbara Andrade Mortl: Mestre em Estilos pelo Instituto da Cerveja.

Beatriz de Souza Amorim: Sommelière de cervejas, Guia etílica, Colunista de balcão online nos sites Papo de Homem e Mixology News e Editora da Farofa Magazine, publicação de Ribeirão Preto. Apresentadora no Reality Mestre Cervejeiro Eisenbahn.

Fabiana Maria Arreguy Correa: Sócia-diretora da Academia Sommelier de Cerveja de MG. Criadora e editora da Rádio Web Pão e Cerveja. Colunista diária na Rádio CDL FM de Belo Horizonte onde apresenta a coluna Pão e Cerveja. Colunista do Jornal Estado de Minas onde assina a coluna Líquido e Certo. Professora do curso de pós-graduação em Tecnologia Cervejeira da universidade UNI-BH.

Gabriela Müller: Farmacêutica, proprietária da Levtek empresa de produção de leveduras líquidas e análises de cerveja.

Katia Jorge: Mestre Cervejeira

Laura Pereira Brait: Engenheira de Alimentos formada pela UFRGS, Técnica Cervejeira pela Escola Superior de Cerveja e Malte e Cervejeira da Cervejaria Imigração .

Ludmilla Torres Antoniazzi: Engenheira de Alimentos formada pela Universidade Estadual do Centro Oeste, no estado do Paraná. Mestre Cervejeira pela VLB Berlin e Sommelier de Cervejas pelo ICB. Atualmente Especialista de Mercado no Comercial de Malte da Cooperativa Agrária.

Rafaela Brunetto Kappaun: Gastrônoma e Sommelier de Cervejas, foi a primeira embaixadora da Brooklyn Brewery no Brasil. Consultora para projetos na área cervejeira, cria cartas de cervejas, treina equipes, desenvolve harmonizações e realiza eventos no mercado da cerveja.

Rosaria Penz Pacheco: Economista/ Sommelière de Cerveja, Juíza do BJCP, Proprietária da Penz Bier – Das Haus.

Sobre a HEINEKEN Brasil
A HEINEKEN Brasil chegou ao país em maio de 2010, após a aquisição da divisão de cerveja do Grupo FEMSA e, em 2017, adquiriu a Brasil Kirin Holding S.A (“Brasil Kirin”), tornando-se o segundo player no mercado brasileiro de cervejas. No Brasil, a empresa gera mais de 10 mil empregos e tem 15 fábricas localizadas em Alagoinhas (BA), Alexânia (GO), Araraquara (SP), Benevides (PA), Blumenau (SC), Campos de Jordão (SP), Caxias (MA), Igarassu (PE), Igrejinha (RS), Itu (SP), Jacareí (SP), Manaus (AM), Pacatuba (CE), Ponta Grossa (PR) e Recife (PE). O portfólio de cervejas é composto por Heineken, Desperados, Sol, Kaiser, Bavaria, Bavaria Premium, Bavaria 0,0%, Xingu, Amstel, Kirin Ichiban, Schin, No Grau, Devassa, Baden Baden, Eisenbahn, Cintra e Glacial. O portfólio não alcoólico inclui refrigerantes, sucos, energético e água como Água Schin, Itubaína, K Energy Drink, Schin Tônica, Skinka, Viva Schin, Viva Schin Mini. A empresa importa Dos Equis, do México, Birra Moretti, da Itália e Edelweiss, da Áustria. Com sede em São Paulo, é uma subsidiária da HEINEKEN NV, a maior cervejeira da Europa, a segunda em termos de rentabilidade e a terceira em volume. A HEINEKEN opera 170 cervejarias em mais de 70 países.

por All Press Comunicação

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here