O tradicional Hotel Plaza São Rafael, localizado na região central de Porto Alegre, está inovando na parte gastronômica. Todas as refeições passaram por uma repaginada. Tais mudanças se devem, principalmente, ao chef Alexandre Vicki, que tem uma longa bagagem de experiências chefiando cozinhas em diversos hotéis e pousadas de renome, no Brasil e na Europa. Através dessas experiências, o novo Menu foi sendo criado e adaptado à nova realidade do hotel.

Agora o ambiente é mais minimalista, mas sem perder o aconchego. Buscando elementos que trouxessem modernidade ao tradicional chá, que tem o valor de R$ 53,00 por pessoa, o atendimento é todas as quartas quintas, (exceto no verão) , das 16h às 19h e a aposta foi no refinado black & white. As antigas e pesadas toalhas deram lugar ao jogo americano – leve e delicado em linho branco fino – acompanhado por belas porcelanas brancas, além de prataria decorativa. Pinturas em tela, tapetes e mobiliário do acervo clássico do Hotel se unem à leveza das novas cortinas em tecido fino off-white, que permitem a entrada sutil da luz natural e a vista do jardim frontal do Plaza São Rafael. Ou seja, não somente o cardápio mudou, mas também o ambiente ficou mais sofisticado.

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

Na parte gastronômica aconteceram as mudanças mais significativas. O buffet deixou de ter a aparência de um café colonial e passou a ter um ar mais refinado. As grandes porções deram espaço a quantidades mais reduzidas, porém, sempre repostas. Isso influencia na questão de ter sempre produtos frescos à mesa, prezando pela qualidade das refeições servidas pelo restaurante.

Alexandre Vicki reforça sobre a nova fase das refeições do hotel. “A composição do prato está baseada em cima de uma cozinha mais saudável. Também prezamos pela questão de saber comprar. Há a necessidade de comprar apenas o que será utilizado em um curto espaço de tempo, pois valorizamos a questão de ter os ingredientes sempre frescos”.

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

Se o volume dos pratos diminuiu, a variedade aumentou. As tortas de grandes tamanhos deram espaço às variadas porções servidas. Outras refeições que também são a prova dessa repaginada, são o almoço e o jantar. “Quando cheguei, a única carne servida era o filé mignon. Hoje nós procuramos diversificar e dar mais opções de cortes aos clientes”, explica Vicki.

Mas ainda há espaço para os pratos que já eram de costume, a prova disso é que a cozinha ainda mantém os mais populares, para que a mudança ocorra aos poucos e não seja de forma brusca. “Resolvemos mudar e inovar um pouco, mas ainda mantemos alguns pratos que o pessoal pede. A nossa intenção é fazer uma mudança total, com o objetivo de ter um cardápio minimalista e mais saudável”, concluiu o chef.

Sobre Alexandre Vicki

alexandre-vicki-e-prato-namorados

Alexandre Vicki é um chef curitibano, que criou gosto pela culinária desde pequeno, ao passar os dias vendo a avó cozinhar. Começou a se especializar quando fez um curso de hotelaria, no Centro Europeu de Curitiba. Durante o curso, conheceu o chef Celso Freire, que o levou para estagiar no restaurante francês Boulevard, na capital paranaense.

Após a primeira porta ser aberta, Vicki teve diversas outras oportunidades surgindo em seu caminho. Chefiou a cozinha de restaurantes em Campo Grande e, na própria Curitiba, antes de rumar para a Europa. Em Barcelona iniciou seu tour pelas cozinhas europeias, onde ficou um ano até ser convidado para trabalhar em Lisboa, no Nobre da Marina.

Em seguida, permaneceu em Portugal, mas chefiando o restaurante da Pousada Convento de Belmonte, sendo o primeiro estrangeiro a ocupar tal posto em uma pousada portuguesa. Quando assumiu esta cozinha, o Convento Belmonte era apenas a 28ª pousada em qualidade de comida no ranking nacional. Depois de dois anos, assumiu o primeiro posto no ranking.

Após quatro anos em Portugal, foi convidado a fazer parte do restaurante La Tour de Belèm, onde liderou a cozinha ao lado do chef do Parlamento Europeu. Depois de um ano, decidiu voltar ao Brasil, assumindo restaurantes em hotéis e pousadas de Curitiba e Goiânia, passando alguns anos, também, na Bahia.

Dentre esses restaurantes está o Bourbon de Curitiba, que ao seu comando, de 2005 a 2007, foi eleito o melhor restaurante português e o melhor restaurante hotel da capital paranaense. Outros prêmios vieram com o Convento do Carmo, onde foi, de 2008 a 2010, o melhor restaurante português e o melhor restaurante hotel, além de ficar, em 2010, entre as cinco melhores mesas da Bahia.

Há menos de um ano, está chefiando a cozinha do Hotel Plaza São Rafael e, pelo vasto currículo, fica difícil de não imaginar o local recebendo diversos prêmios ao seu comando.

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

Porto Alegre/RS
www.plazahoteis.com.br/saorafael
Avenida Alberto Bins, 514/Centro Histórico
(51) 3220.7000

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here