Por Igor Amaral – 

A Avaliação Nacional de Vinhos é a maior degustação de vinhos do planeta. Nesta edição,  que ocorreu neste sábado, 26 de setembro, no Parque de Eventos de Bento Gonçalves (RS), foram 850 admirados da bebida de diversas partes do mundo.  Concorreram  312 amostras inscritas por 56 vinícolas. Do total, 90 foram classificadas entre os 30%  entre as melhores do ano. Destas, 16 foram selecionadas e degustadas pelo público.

O som do vinho sendo servido em taças por movimentos orquestrados de 90 alunos do curso de Viticultura e Enologia foi o único ruído presente por cerca de cinco horas. A concentração de apreciadores e profissionais do setor se manteve durante todo o tempo, enquanto as 16 amostras foram degustadas. Cada rótulo foi comentado por grandes nomes da viticultura nacional.
A experiência de degustar cada amostra, formar as próprias impressões e comparar com o que especialistas têm a dizer exaltou a troca de experiências que a Avaliação proporciona a quem participa do evento.

Evento reuniu 850 degustadores de vinhos de vários países. Foto: Igor Amaral
Evento reuniu 850 degustadores de vinhos de vários países. Foto: Igor Amaral

A Avaliação Nacional de Vinhos consolida ano a ano seu papel de promoção dos vinhos brasileiros, aproximando profissionais da área, apreciadores e público em geral do universo envolvente da bebida. Em sua 23ª edição, a Avaliação trouxe uma inovação em sua interação com a plateia. A Associação Brasileira de Enologia (ABE) adotou um sistema totalmente digital para que a mediana do público fosse conhecida de maneira ágil e precisa, ampliando a participação dos apreciadores de vinho.  A inovação fez da Avaliação Nacional de Vinhos um evento ainda mais atrativo e participativo, com um sistema de intranet desenvolvido especialmente para a ocasião. Através do número de inscrição e senha, o participante pôde acessar de seu dispositivo móvel uma plataforma com o descritivo de cada amostra, registrando sua nota. Ao final de cada amostra, o resultado foi projetado e compartilhado com todos. A novidade caiu no gosto dos participantes, que puderam comparar as medianas da degustação de seleção e da mesa de comentaristas com as suas em tempo real.

Em suas 23 safras, a Avaliação Nacional de Vinhos já avaliou 5.281 amostras, sendo 312 nesta edição. O público reunido chega a 14.617 pessoas. Intimamente ligada à cadeia produtiva da uva e do vinho, a Avaliação tem importante papel na evolução da qualidade do vinho brasileiro, servindo como referência para a escolha de variedades de uvas, técnicas de elaboração e lançamento de produtos.

Troféu Vitis 2015
Desde 1993 a ABE homenageia pessoas que dedicam o seu tempo, conhecimento e talento para a promoção do vinho brasileiro. Através do Troféu Vitis, concedido anualmente na Avaliação Nacional de Vinhos, a entidade presta esse reconhecimento. Este ano, o Troféu Vitis 2015 Destaque Enológico foi para o Doutor em Viticultura, consultor do CNPQ e fundador da Confraria Cavaleiros do Vinho da Serra Gaúcha e do Congresso Brasileiro de Viticultura e Enologia e também editor da Revista Brasileira de Viticultura e Enologia, Alberto Miele.  O Troféu Vitis 2015 Amigo do Vinho Brasileiro foi entregue para Rosane Marchetti, que há oito safras participa do evento. A jornalista mostra ao mundo, por meio de sua atuação no Globo Repórter e Jornal Nacional, a importância do setor vitivinícola, seus atrativos e valores.

Avaliação-Vinhos-2
Enólogo Alberto Miele e a jornalista Rosane Marchetti foram os homenageados desta safra. Foto: Jeferson Soldi

16 AMOSTRAS SELECIONADAS ENTRE OS 30% E DEGUSTADAS PELO PÚBLICO

Categoria Vinho Base para Espumante
Chardonnay – Domno do Brasil (Garibaldi – RS)
Chardonnay/PinotNoir/Riesling Itálico – Chandon do Brasil (Garibaldi – RS)
Pinot Noir/Rose – Casa Valduga (Bento Gonçalves – RS)

Categoria Branco Fino Seco Não Aromático
Riesling Itálico – Luiz Argenta Vinhos Finos (Flores da Cunha – RS)
Chardonnay – Cooperativa Vinícola Nova Aliança (Caxias do Sul – RS)
Chardonnay – Basso Vinhos e Espumantes (Farroupilha – RS)

Categoria Branco Fino Seco Aromático
Sauvignon Blanc – Vinícola Santa Augusta (Videira – SC)
Moscato Giallo – Vinícola Don Guerino (Alto Feliz – RS)
Categoria Tinto Fino Seco Jovem
Merlot – Vinícola Salton (Bento Gonçalves – RS)

Categoria Tinto Fino Seco
Cabernet Franc – Vinícola Valmarino (Pinto Bandeira – RS)
Merlot – Vinícola Perini (Farroupilha – RS)
Merlot – Vinícola Miolo (Bento Gonçalves – RS)
Ancellotta – Cooperativa Vinícola Garibaldi (Garibaldi – RS)
Teroldego – Vinícola Monte Rosário – Vinhos Rotava (Bento Gonçalves – RS)
Tannat – Cooperativa Vinícola Aurora (Bento Gonçalves – RS)
Tannat – Dunamis Vinhos e Vinhedos (Dom Pedrito – RS)

NÚMEROS DA 23ª AVALIAÇÃO NACIONAL DE VINHOS – SAFRA 2015

– Amostras inscritas: 312

– Vinícolas participantes: 56

– Time da Degustação de Seleção: 118 enólogos

– Apreciadores participantes: 850 de nove estados brasileiros (Bahia, Minas Gerais, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo, além do Distrito Federal) e oito países (Argentina, Brasil, Estados Unidos, França, Itália, México, Portugal e Uruguai)

– Painel de comentaristas: 15 convidados de sete países (Argentina, Brasil, Estados Unidos, França, Itália, México e Uruguai), além de um apreciador sorteado entre o público

– Serviço do vinho: 90 alunos dos cursos de Viticultura e Enologia, Enoturismo e Sommelier

– Amostras degustadas: 16

– Garrafas servidas: 1.440 (90 de cada)



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here