Na cadeia da hospitalidade e dos serviços alimentares, um importante assunto não passa batido: a alimentação saudável. Entre a população há a crescente procura por uma refeição mais natural, orgânica e/ou livre de quaisquer aditivos químicos. Durante a Equipotel 2017, que acontece entre os dias 11 e 14 de setembro no São Paulo Expo, mais do que tendência, essa necessidade será amplamente abordada através de experiências, debates, palestras, expositores e produtores.

Em sua programação, a feira contará com diversos espaços que dialogam com questões de alimentação saudável, uma delas é a Equipotel Market. Em um espaço de 100 m², vinte pequenos produtores levam produtos que possuem em seu cerne o cuidado com a qualidade, saudabilidade e sustentabilidade. São produtos orgânicos e artesanais como: mel, geleias, queijos, azeites, cafés, temperos, cachaças, gin, vodcas, cervejas, entre outros. A ideia é aproximar esses produtores de donos de bares, restaurantes, compradores de hotéis e pousadas, chefs de cozinha e demais profissionais dos setores presentes.

Essas futuras parcerias vão de encontro com o termômetro do mercado atual. Segundo pesquisa realizada pela Euromonitor Internacional publicada no início deste ano, o Brasil obteve, em 2016, R$ 93,6 bilhões em vendas de alimentos e bebidas saudáveis, tendo o segmento de orgânicos o maior avanço com 18,5%. A previsão é ainda mais positiva e indica que, até 2021, o mercado brasileiro de produtos saudáveis alcance crescimento de 4,4% ao ano. Com o aumento da demanda, aumenta-se também o número de empresas que buscam se alinhar com essa necessidade da população.

Criada em 2016 e em sua primeira participação como expositora na Equipotel, a Qpod utiliza técnica usada na comida dos astronautas chamada liofilização – tecnologia em que o alimento é cozido, congelado a uma temperatura de -30C° e então submetido a uma câmara de vácuo. “Acreditamos que as empresas mais visionárias já perceberam a tendência da saudabilidade e buscam estar à frente oferecendo o melhor aos seus clientes”, conta Marta Moraes, diretora da empresa. Para Álvaro Gazolla, diretor comercial da Verde Campo, produtora de bebidas lácteas para alimentação saudável “a feira é uma oportunidade para criar parcerias com hotéis que estejam alinhados com a nova tendência de saúde”.

Outro espaço que aborda essa temática é o Boteco Saudável, organizado pela ABRASEL (Associação Brasileira de Bares e Restaurantes). Como atender o cliente e oferecer outros produtos, ou os mesmos, mas de forma saudável, feitos por outros métodos e sem encarecê-los? A ideia é aumentar o debate em busca de soluções e conhecimento através de palestras com chefes de cozinhas, produtores orgânicos, consultores especializados em food service e, por fim, uma série de degustações.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here