COMPARTILHE
(Foto: João Ricardo)

Por Igor Amaral –

Símbolo do Tropicalismo que percorreu o mundo sobre a cabeça de Carmem Miranda, como um turbante, a banana é a fruta mais consumida no Brasil. Segundo o IBGE, cada brasileiro consome, em média, 8 quilos da fruta, por ano. Mesmo tão popular, a banana desperta dúvidas quanto ao seu consumo.

Afinal, ela é aliada ou vilã em uma dieta? O ideal é comer à noite ou durante o dia? Na hora de comprar, optar pelas mais verdes ou maduras? Fomos em buscas das repostas e, claro, selecionamos receitas pra lá de especiais para você diversificar o uso da fruta em sua cozinha.

Originária do sul da Ásia e das Ilhas Canárias, foi trazida por colonizadores espanhóis e adaptada de imediato pelas populações indígenas. Foi difundida por toda a América, chegando assim ao Brasil. E por aqui se adaptou muito bem. Para se ter uma ideia, os produtores da banana faturaram 14 bilhões de reais, em 2016.

Em termos nutricionais, a banana apresenta quantidades consideráveis de minerais, eles podem variar de acordo com a maturação do fruto, em geral, as bananas menos maduras têm maiores quantidades. “Os minerais que mais se destacam são o potássio, fósforo, cálcio, sódio e magnésio, além de outros em menor proporção como ferro, manganês, iodo, cobre, alumínio e zinco”, destaca a nutricionista Sirlete Abreu.

(Foto: João Ricardo)

Já as vitaminas mais presentes são: A, C e complexo B, em especialmente B1, B2, B6 e niacina. “A vitamina A aumenta seu conteúdo com a maturação, enquanto a C atinge seu ponto máximo na primeira fase de maturação, com coloração verde-amarelada, decaindo progressivamente até níveis mínimos quando a casca começa a apresentar manchas marrons”, afirma a nutricionista.

BOA PARA O SONO

Como todas estas substâncias o consumo da banana é um bom aliado para o sono e sensação de tranquilidade. As quantidades de magnésio, vitamina B6 e o aminoácido triptofano encontradas na fruta são fundamentais para a produção de neurotransmissores, como a serotonina, que confere bom humor e tranquilidade, conforme destaca Sirlete:  “A banana pode ser uma aliada contra a TPM, tendência a tristeza e processos depressivos. Ajudará, inclusive, no combate à insônia”, explica a nutricionista.

Top List: 4 receitas que comprovam a versatilidade da banana

Quem sofre de hipertensão arterial e utiliza medicamentos diuréticos que também mandam embora potássio, além do sódio, mineral que vai reter líquido e ajudar a aumentar ainda mais a pressão arterial, a banana pode ser muito útil. O potássio é fundamental para saúde dos músculos, inclusive do músculo cardíaco.

Banana é rica em potássio,
que faz bem para o músculo cardíaco (Foto: João Ricardo)
NA COZINHA

Se um dia foi estrela só de receitas doces, cada vez mais a fruta invade a área da comida salgada. “As possibilidades de transformação da banana são muitas, nas formas mais variadas, como: crua ou assada, frita ou cozida, em doces, caldos ou compotas, bebidas, entre outras”, destaca a chef Pâtissier Silvia Canazaro. Como as bananas sabores diferentes, algumas são mais doces e outras menos, é importante prestar atenção em quais tipo usar, de acordo com o prato desejado. “Se você prepara um prato que, além da banana, vai algo com açúcar, como doce de leite, por exemplo, prefira a Banana Prata, mais verdinha. Ela tem o gosto mais azedo e isso equilibra o sabor”, explica a chef.

Já para quem pretende fazer uma geleia ou uma calda com a fruta, a dica de Silvia é usar a Banana da Terra, que é mais doce. Um dos temores de quem a utiliza na cozinha é preservar a cor da fruta. Em geral, quando ela entra em contato com oxigênio fica mais escura, para evitar que isso aconteça, Silvia tem um truque: “É sempre legal utilizar um pouco de limão. Despeje um pouco do suco sobre a fruta, depois de descascada, assim, preserva a cor e o visual do prato se mantém”, destaca a chef.

A fruta pode ser usada em pratos doces ou salgados (Foto: João Ricardo)
DICAS DA NUTRICIONISTA SIRLETE ABREU: 
  • O ideal é consumir a banana na fase mais verde do que na mais madura, pois quando ela está nesta fase ainda possui o amido chamado “resistente”, que proporciona mais saciedade e controla melhor a fome.
  • Diabéticos e quem faz dieta pode ingerir a fruta normalmente. O segredo está no tamanho da porção e em que hora consumi-la. A banana, como qualquer outra fruta, é segura e benéfica dentro de um plano alimentar que leve em conta o tamanho das porções e a distribuição ao longo das refeições diárias.
  • Pessoas que apresentam insônia devem consumir banana à noite devido ao estímulo da produção de serotonina, substância que melhora o sono e tranquiliza.
  • O consumo de banana verde auxilia no trânsito intestinal adequado, atuando na prevenção e tratamento de quadros como diarreia e constipação, além de prevenir o desenvolvimento de doenças como o câncer de intestino.
  • A fruta também é importante para quem costuma fazer exercícios. A fruta apresenta amido em sua composição, que é responsável por aumentar a energia de forma mais prolongada. Ela é rica em vitamina B6 e potássio, que são nutrientes importantes para a regulação da contração muscular, do equilíbrio hídrico e para a manutenção do ritmo cardíaco, além de prevenir cãibras.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here