COMPARTILHE

Conheça restaurantes com cardápio exclusivo para crianças.

2681
Foto: Yul Barbosa

Há mais de três anos escrevo em blog onde compartilho experiências gastronômicas em família, o Destemperadinhos. Junto com a minha trupe (maridão e uma duplinha faminta por diversão) á percorri muitas mesas de restaurantes e hotéis do Brasil e de outros países como Uruguai, Estados Unidos, Argentina e Chile. Sempre adorei combinar uma boa programação de lazer com comidinhas. Mesmo antes do blog e das crianças nascerem, a paixão já estava no DNA do casal: sair por aí, a dois ou com amigos, em busca da boa mesa. Assim, quando a Revista Sabores do Sul me convidou para escrever esta matéria sobre cardápios infantis no Rio Grande do Sul, topei de cara. Primeiro, coloquei minha memória gustativa para funcionar e fiz um exercício relembrando lugares que já visitamos e aprovamos em Porto Alegre e arredores. Apesar de encontrar uma lista de endereços gourmets deliciosos onde a piazada é bem-vinda, admito que foi difícil achar opções que fugissem do padrão clássico no quesito menu infantil. Bifinho com batata sorriso e massa na manteiga ou ao sugo parecem ter virado sinônimo de comida para crianças nos restaurantes à la carte e nos bistrôs. Será que nossos gauchinhos realmente só comem macarrão, carne e batata frita? Por que será que na terra do churrasco ninguém inclui um carreteiro kids no cardápio? Também foi difícil encontrar pratos com verduras e uma apresentação instigante que estimule o apetite e a vontade da garotada de provar novos alimentos. E isso não é algo específico do nosso estado, é no menu infantil de todo o país. Em uma rápida enquete informal que fiz nas redes sociais, quando a opção do menu infantil não agrada, algumas mães relataram que pedem prato de adulto para dividir com o filho no restaurante. E ainda sugerem: por que não incluir porções kids (assim como a meia-porção) de pratos clássicos do restaurante?

2680
Foto: Yul Barbosa

Em contrapartida, se o menu kids não surpreende tanto assim, para algumas famílias essa refeição básica muitas vezes facilita, principalmente quando os filhos recém saíram da fase da papinha e ainda não estão habituados com comidas temperadas. Melhor não arriscar, comentam os pais. A empresária Juliana Jung declara que no seu caso ter o básico ajuda, mas dá a dica: “A apresentação poderia ser mais criativa.” Juliana ainda conclui: “Não gastaria com um prato correndo o risco do meu filho não gostar e eu ter de pedir outro. Experiências eu faço em casa.” Já a advogada Bárbara Pozzebon demonstrou dificuldade para destacar algum menu kids gaúcho que chamasse a sua atenção. Mas ressaltou: “Ter um cardápio especial para as minhas filhas faz com que elas se sintam especiais. Nosso vizinho Uruguai já faz isso. Estados Unidos, nem se fala.” Fui ouvir o outro lado do balcão e conversei com o chef do Quintal Orgânico de Porto Alegre, Cesar Sperotto. Aos sábados, seu bistrô oferece um diferencial: menu infantil com ingredientes orgânicos. Cesar conta que vem tentando incluir acompanhamentos saudáveis nos pratos criados especialmente para essa turminha nos finais de semana. Porém, revela: “É fato: as verduras voltam intocadas para a cozinha. O que sai bem mesmo é o feijãozinho orgânico com arroz.”

2683
Foto: Yul Barbosa

Uma coisa é certa, mesmo com um menu kids sem grandes inovações, a maioria dos pais é unânime quando se trata dos restaurantes receberem bem a criançada. Pode ser um copinho especial, um jeito amigável do garçom descolar algo fora do cardápio ou uma prateleira com livros e revistinhas. A preocupação do estabelecimento em tornar a experiência satisfatória para toda a família conta muito. Aliás, benditas áreas com brinquedos e recreacionistas! Elas encantam a freguesia pimpolha e são uma mão na roda para os pais comerem tranquilos. Sem falar dos bufês onde nem sentimos falta do menu kids. Além de capricharem nas receitas caseiras e na variedade dos pratos que apresentam, muitos nem cobram a refeição das crianças e ganham a simpatia de quem paga a conta. Para mim, não restam dúvidas de que sair para comer fora em família está cada vez mais gostoso e divertido – mesmo com um menu kids beirando ao lugar comum. De qualquer maneira, não seria uma má ideia incluir nas opções dos pratos infantis um pouco de criatividade e um toque nutritivo e saudável (que acham, chefs?). Afinal, o restaurante pode ser um ambiente neutro e perfeito para garotada perder o preconceito com alimentos diferentes e provar novos sabores. Minha experiência comprova essa tese. Foi comendo na rua que meu filho aprendeu a gostar de peixe, (principalmente de salmão) e a minha filha virou fã de sushi e de “massa de minhoquinhas” (o delicioso shimeji). Ou seja, o hábito de comer fora poder ser, também, um aliado na formação do paladar infantil. Será? É o velho ditado: quem não arrisca, não petisca.

2682
Foto: Yul Barbosa
2685
Foto: Yul Barbosa

7 Endereços com Menu Kids

2696
Foto: Sabina Fuhr

Chu – Um restaurante sofisticado e moderno que oferece espaço kids amplo com recreacionistas. No “piatto di bambini”, sete opções clássicas: feijão, pizza, massinha, strogonoff, pastel, entre outros. Raro ver um cardápio infantil com tanta variedade.

Rua Andrade Neves, 3800 | Pelotas/RS – Fone: (53) 32-250-250 – www.churestaurante.com

Quintal Orgânico – Um bistrô orgânico num casarão ensolarado da Nilo Peçanha. O menu kids muda a cada sábado, dia em que o espaço kids do restaurante tem recreacionistas de plantão. O prato infantil com mais saída é a feijoadinha veg com ovo quadrado. Divertido e nutritivo. Não é por menos que o chef da casa também é autor de uma linha de comidinhas orgânicas, a OrganicBaby.

Rua Regente, 275 – esquina Nilo Peçanha Porto Alegre/RS Fone: (51) 3371-3371

Fazenda Barbanegra – As crianças poderiam ficar só nas carnes já que o restaurante oferece parrilla (e das boas!). Contudo, há uma opção infantil simpática de entrecot com um bom feijão com arroz, o “Petiço a Barbanegra”.

Ten. Cel. Fabrício Pilar, 791 | Porto Alegre Fone: (51) 3333-0492  www.fazendabarbanegra.com.br

Empório Canela – O espaço é repleto de estímulos visuais. Um misto de bistrô, café, livraria e loja de artesanato. O menu kids encanta tanto pelo layout quanto pela apresentação caprichada dos pratos e dos sucos naturais. São três opções: miniburguers, nhoque e picadinho com arroz e batata sorriso. E o valor é honesto: entre 12 a 15 reais o prato. Para distrair a gurizada, há jogos e livros infantis.

Rua Felisberto Soares, 258 | Canela/RS Fone: (54) 3031-1000  www.emporiocanela.com.br

2695
Foto: Diego Santos

Josephina Café – Ambiente acolhedor e pratos saborosos de massas, risotos e carnes. Para a gurizada, uma estande de livrinhos na sala da lareira e um menu infantil clássico sem frituras: caldinho de feijão, iscas de filé, batata sautée e arroz branco. O prato é bem servido e alimenta até duas crianças não tão famintas.

Rua Pedro Benetti, 22 | Gramado/RS – Fone: (54) 3286-9978www.josephinacafe.com.br

Sakura – O japonês onde as crianças já se divertem na entrada com os peixes do lago e a mesa no tatame. O prato Sakura Kids leva massa na manteiga, legumes e iscas de filé ou frango.

Av. Cristóvão Colombo 3237 | Porto Alegre/RS Fone: (51) 3343-8602www.restaurantesakura.com.br

Restaurante Locanda – Localizado dentro do Hotel Locanda, o restaurante é comandado pelo chef Ivan Legrann. Os pratos contêm tudo o que os pequenos gostam: filezinhos grelhados, purê e batatas fritas, nas versões clássicas ou nas sorrisos. Entre os preferidos, está o Delizioso, deliciosos escalopes de filé grelhado mini porção de espaguete ao quatro queijos.

Rua Wendelino H. Klaser, 35 | Novo Hamburgo Fone: (51) 3067-8500www.locandahotel.com.br

2693
Foto: Yul Barbosa

3 Bufês onde o Menu Kids em fez falta

Dado Bier – Um blockbuster da geração gugudadá. Em Porto Alegre no Bourbon Country, no Praia de Belas e no Bourbon Wallig.  – www.dadobier.com.br

El Paradiso – um restaurante de comidas alemãs num sítio encantador em Morro Reuter. Para passar o dia com os amigos. Fica na R VRS 833, 440 Km 05. Somente finais de semana e feriados. –  www.restauranteelparadiso.com.brr

Bêrga Motta – comidinha para lá de gostosa e bem feita. O trajeto pela linha 28 até o parque, onde está localizado o restaurante, é longo, mas vale o passeio. Linha, 28 – Av. Central (siga as placas para o Ecoparque Sperry – Canela). Somente finais de semana e feriados. – www.ecoparquesperry.com.br

2694
Foto: Yul Barbosa

Por Alexandra Aranovich

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here