COMPARTILHE

Da consistência à conservação, o açúcar desempenha funções que vão muito além do ato de adoçar.

Quanto mais açúcar for adicionado ao prato, mais doce ele será. Porém, além de adoçar, o ingrediente desempenha outras funções na culinária, muitas vezes, tendo papel essencial na produção de determinados cardápios. E a utilidade do produto vale não só apenas nas receitas. O cozinheiro, por exemplo, com uma colher de chá do ingrediente, pode lavar as mãos e retirar o cheiro forte de outros produtos manuseados anteriormente.

Porém, o uso do açúcar é constantemente questionado por ser considerado um “vilão da saúde”. A nutricionista e proprietária da Recomendo Assessoria em Nutrição, Marcia Daskal, explica que não existe um alimento que faz mal: “Um ingrediente, seja ele qual for, não pode ser classificado desta forma. O organismo precisa de todos os nutrientes para o bom funcionamento e, nesse sentido, o açúcar pode e deve entrar num conceito de dieta equilibrada. O prejudicial é o consumo desenfreado”.

A especialista salienta ainda que o açúcar pode exercer diversas funções no preparo dos alimentos, e que o segredo está na quantidade que o indivíduo vai inserir no prato.

Veja como o ingrediente pode contribuir com o cardápio:

  • Conservação: o açúcar auxilia a impedir o desenvolvimento de microrganismos, já que imobiliza as moléculas da água que as bactérias, o fermento ou o bolor necessitam para crescer. Assim, o ingrediente ajuda na preservação de conservas e de bolos e atua como antioxidante. Por exemplo, polvilhar o bolo com açúcar o mantem fresco e saboroso por mais tempo.
  • Coloração: Base do processo de caramelização, confere uma cor especifica nos bolos, bombons e outros pratos que passam por este preparo, como a cebola.
  • Textura: Ao interagir com água, fermento ou farinha, o açúcar dá consistência, densidade, cor ou aparência à receita. Isto é, promove uma variedade de estruturas. O chocolate, por exemplo, só fica na textura que conhecemos, pois há uma mistura da manteiga de cacau com o açúcar.
  • Modificação de sabores: o ingrediente pode ser usado para atenuar ou intensificar o gosto dos alimentos. Por exemplo, os sabores salgados, amargos e ácidos podem ser reduzidos com algumas colheres de açúcar, como na tradicional receita japonesa sunomono, em que o açúcar serve para equilibrar os sabores.
  • Consistência: além de garantir textura aos alimentos, o componente é também responsável por dar corpo a certos preparos, como algumas bebidas, o sorvete e iogurtes.

Por Being More

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here