COMPARTILHE

Programação tem quase 40 ações de degustação e descontos de até 30% em vinícolas

Os números da programação são compatíveis com as dimensões adquiridas pelo Dia do Vinho em 2017. De 19 de maio a 4 de junho, mais de 200 atividades ligadas ao enoturismo ocorrerão de forma praticamente simultânea, espalhadas por três regiões do Brasil – graças à adesão do Vale do São Francisco, no Nordeste do país, que agora se une ao Roteiro de São Roque, no interior paulista, e a três regiõesmais a capital do Rio Grande do Sul.

Para quem tem curiosidade em saber mais, iniciar-se no assunto ou simplesmente descomplicar-se no mundo do vinho, é uma verdadeira temporada de ser feliz: entre todos os territórios, serão quase 40 ações de degustação, incluindo oito cursos. Com uma vantagem tão típica do Dia do Vinho quanto as primeiras temperaturas mais baixas do ano, as vinícolas participantes terão produtos com descontos de até 30%.

“É o grande momento para quem quer conhecer ou visitar a região Uva e Vinho da Serra Gaúcha, o Vale Central Gaúcho, a Campanha Gaúcha, a região de São Roque ou o Vale do São Francisco, aproveitar a gastronomia, preparar o estoque de vinho para o inverno e ainda fazer um bom negócio. Porque há muitos descontos e promoções em vinícolas, hotéis e restaurantes, concentrados nestas duas semanas de celebração”, afirma o presidente do Sindicato Empresarial da Gastronomia e Hotelaria (Segh) Uva e Vinho, João Leidens.

Quem passar por alguma das regiões engajadas na 8ª edição do Dia do Vinho poderá escolher entre 76 atividades oferecidas por 54 vinícolas e encontrar benefícios em mais de 60 restaurantes e 30 meios de hospedagem. E ainda harmonizar alguma das 37 ações de degustação (quem sabe um curso básico entre casais ou amigos?) com algum dos mais de 70 eventos específicos realizados apenas neste período do ano. Uma das vinícolas com programação especial, por exemplo, é ponto de parada do passeio da barca a vapor que percorre o Rio São Francisco, entre Juazeiro (BA) e Petrolina (PE).

“Não é sempre que o consumidor encontra tanta oferta de produtos de qualidade, com diversidade de características de três regiões do Brasil, a um preço tão acessível e ainda com a possibilidade de aproveitar um programa diferente. Os descontos nas vinícolas a tão poucos dias do início do inverno são realmente uma grande oportunidade”, avalia o presidente do Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin), Dirceu Scottá.

A programação completa está no site diadovinho.com.br.

Celebração na Campanha Gaúcha
Cerca de 200 pessoas, a maioria participantes do I Simpósio de Viticultura e Enologia da Região da Campanha Gaúcha, prestigiaram o lançamento oficial da programação do Dia do Vinho 2017, no Hotel Jandaia, em Santana do Livramento (RS). A solenidade na noite de quarta-feira (3), que atraiu também representantes de municípios da região Uva e Vinho da Serra Gaúcha até a fronteira com o Uruguai, marcou ainda a oficialização do Dia do Vinho na cidade, por parte do prefeito Solimar Charopen Gonçalves.

“É um dia histórico para o município, hoje um dos maiores produtores de uvas do país”, declarou o chefe do executivo, conhecido como Ico.

Para o diretor de Relações Institucionais do Ibravin, Carlos Paviani, o evento traz a marca da integração: “O Dia do Vinho é uma atividade que vai somando regiões e se consolida cada vez mais. Isto porque o enoturismo envolve três setores, desde o plantio e o cultivo da uva até a indústria. É um segmento que promove desenvolvimento regional, porque todas as atividades estão entrelaçadas”, declarou.

Com 16 empreendimentos vitícolas associados desde 2010 e respondendo por aproximadamente 15% da produção nacional de uva, a Associação dos Vinhos da Campanha Gaúcha viveu uma noite especial, em função do ineditismo do lançamento do Dia do Vinho em suas terras – cheias de significado.

“Este ano conseguimos dar início a alguns roteiros enoturísticos e agora começam a acontecer estes eventos que engrandecem o Dia do Vinho e a nossa região. O lançamento vindo para cá incentiva as vinícolas a investir mais no enoturismo. É uma oportunidade de se olhar para toda região. Aqui tem um lado histórico diferente da Serra Gaúcha. Teve guerras, tratados, disputas de fronteiras… Tem uma história que só pode ser contada aqui. É um grande potencial a ser explorado”, concluiu o presidente da Associação, René Ormazabal Moura.

Descubra o que e onde fazer
A programação completa do Dia do Vinho 2017 pode ser acessada no site diadovinho.com.br. O evento está nas redes sociais com os perfis facebook.com/diadovinhoinstagram.com/diadovinho2017 e marcado com a hashtag #diadovinho2017.

Sobre o Dia do Vinho
O Dia do Vinho é realizado pelo Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin), pela Secretaria da Agricultura, Pecuária e Irrigação do Rio Grande do Sul (Seapi-RS) e pelo Sindicato Empresarial de Gastronomia e Hotelaria (Segh) – Região Uva e Vinho, como resultado do Projeto Eventos Integrados e Integradores – reinterpretação da concepção de evento, fomentado pelo Ministério do Turismo. A lei que instituiu o Dia do Vinho no Rio Grande do Sul no primeiro domingo de junho de cada ano foi promulgada em 12 de dezembro de 2003. O projeto partiu do então deputado estadual Iradir Pietroski.

A edição 2017 tem o apoio das prefeituras municipais de Antônio Prado, Bento Gonçalves, Farroupilha, Flores da Cunha, Garibaldi, Monte Belo do Sul, Pinto Bandeira, Veranópolis e Vila Flores, além da Associação Farroupilhense de Produtores de Vinhos, Espumantes, Sucos e Derivados (Afavin), Associação dos Produtores de Vinhos de Pinto Bandeira (Asprovinho), Sindicato da Indústria do Vinho, do Mosto de Uva, dos Vinagres e Bebidas Derivados da Uva e do Vinho do Rio Grande do Sul (Sindivinho-RS), Roteiro dos Vinhos de São Roque (SP), Vinho VASF – Instituto do Vinho Vale do São Francisco, Associação dos Viticultores do Vale Central Gaúcho, Associação Vinhos da Campanha, Atuaserra, Aenotur, Phoenix Eventos e o patrocínio máster de Verallia.

EM NÚMEROS – DIA DO VINHO 2017

  • 215 atividades programadas
  • 76 atividades em vinícolas (sendo que a mesma vinícola pode oferecer várias atividades diferentes)
  • 54 vinícolas participantes
  • 30 vinícolas oferecendo descontos de 10% a 30%
  • 37 atividades de degustação, incluindo cursos
  • Mais de 70 eventos específicos para o Dia do Vinho
  • Mais de 60 restaurantes participantes
  • Aproximadamente 30 meios de hospedagem envolvidos
  • Três regiões do Brasil (Sul, Sudeste e Nordeste) engajadas
  • –  Antônio Prado
    –  Bento Gonçalves
    –  Caxias do Sul
    -Farroupilha
    – Flores da Cunha
    –  Garibaldi
    – Monte Belo do Sul
    – Pinto Bandeira
    – Veranópolis
    –  Vila Flores
  • Participação da Campanha Gaúcha, por meio da Associação Vinhos da Campanha Gaúcha

– Bagé
– Dom Pedrito
– Itaqui

  • Participação do Vale Central Gaúcho, por meio da Associação dos Viticultores do Vale Central Gaúcho
    – Itaara
    – Santa Maria
    – São João do Polêsine
    – Silveira Martins
  • Participação de Porto Alegre com eventos especiais
  • Participação do Roteiro de São Roque (SP), por meio do Roteiro Vinhos de São Roque
  • Participação do Vale do São Francisco, por meio do Vinho VASF – Instituto do Vinho Vale do São Francisco

Por dfnpress

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here